domingo, 23 de setembro de 2007

Back In Black


“Nel mezzo del cammin di nostra vita
Mi ritrovai por una selva oscura
Chè La diritta via era smaritta.”

(Dante Alighieri, A Divina Comédia, Canto I, versos iniciais:
"No meio do caminho de nossa vida
Encontrei-me numa selva escura
Tendo perdido a verdadeira estrada.").


Back in Black. Como citou certa vez Felipe El Debs. A essa altura do caminho, quem diria, foi necessária uma reavaliação bloguiniana. Nada muito metafísico, nem ontológico. O Buraco é bem mais embaixo.

O fato é que depois de uma jornada confusa, para não dizer fracassada, por paródias nunca dantes navegadas, este espaço virtual atingiu o ápice da descaracterização. Talvez tenha faltado fôlego, ou quem sabe talento, mas a verdade é que não existe clássico alemão parodiado que resista a uma vidinha que “não dá Samba. Nem mesmo um pagode”. Vivaldão, irmão querido, jogou-me essa verdade na cara. E depois de muito xingá-lo, é verdade, até agradeço pela sinceridade. No dia em que um homem se depara com a impossibilidade de se identificar com a letra de um pagodezinho rasteiro, então, é hora de parar com as ficções (nota: ouçam Van der Lee. E não é a versão Chinesa do nosso enxadrista Matonense Vanderley, fiquem tranqüilos. O Cantor me foi apresentado pelo torcedor fervoroso do América Mineiro Rubão. Isso sim é samba de verdade! Deixo duas músicas como dica: Passional, que é um vídeo de um show, com participação de Zeca Baleiro, e também Galo e Cruzeiro - essa tem só o áudio mesmo. O Site: www.vanderlee.com.br )

Pode ser que tudo tenha sido um processo gradativo, ou mesmo, ainda, algo momentâneo, resultado desprovido de antecedentes ou tendências que poderiam ser observáveis anteriormente. Acho que descobrir o surgimento da patologia aqui importa muito pouco a cura do paciente em questão. Ou seja: não interessa a gênese do equivoco, tendo sido ele por acumulação de tendências, ou de sintomas anacrônicos que se valeriam por si só. O importante é o diagnóstico seguido do tratamento adequado. E acho que essa parte está sendo cumprida com esse post do tipo ao que os alcoólicos chamam Momento de Clareza. Pois, é nesta hora que se perguntam: “O que está acontecendo?! O que estou fazendo?!”.

Como prometido, não haverá, pelo menos agora, malabarismos filosóficos como tentativa de explicação. Fica a mensagem crua, e por suposta, mais verdadeira também. Entretanto, é impossível não esclarecer (ou seria escurecer?) algumas reestruturações aqui.

Após reler os versos de Dante (e encarar, dessa vez definitivamente, o embarque na leitura de sua obra máxima) percebi o desvio original do espírito xadrezdepressãoniano. E sim; lá estava eu perdido na floresta escura e sem a verdadeira estrada. Pois bem, Dante encara todo a sua jornada pelas profundezas para conseguir obter a dignidade de cair nas graças da bem-aventurança divina. Então, somente após se perder na “selva oscura” pôde ver “La gloria di colui che tutto move/ per l’ universo penetra e risplende” (A Glória de quem tudo, aos seus acenos, Move, o mundo penetra e resplandece). A cor preta não tem, aqui, a simbologia Dark ou Down que possa parecer em um primeiro instante: ela consubstancia o toque de despertar das idéias que anteriormente cabiam a este espaço. Curiosamente, ainda que o blog tenha sido coberto pelo abraço soturno da cor, esta evidencia também o oposto do que usualmente ela abarca, pois, assim como Dante, é apenas no transladar da escuridão que encontramos a luz, ou melhor, o Momento de Clareza, que foi referido acima, no começo deste post.

A cor preta, e toda a sinistra idéia que normalmente lhe é traduzida, é momentânea, ou até, me arrisco a dizer, ilusória nesta ocasião. O Poeta parte da escuridão para a clareza, e aqui, idem. Então, ironicamente, é trajado de preto que o velho Xadrez De-Pressão aclara suas idéias.

Back in Black (expressão do tipo: de volta as origens, de volta ao trabalho. Ou algo bem parecido).

Agora sim, é isso.
Até mais.
Forte Abraço.

obs: Quem leva o Mundial?

Um comentário:

Lais Pimentel disse...

meu querido!

ai, que vontade de ler tudo isso aqui, mas é que estou com um pouco de pressa :~

enfim, dá um pulo lá na Minha Era pra vc ver.

beijo-estalado!